6 dias de Roma a Florença. Dia 2 – Civita de Bagnoregio e Montepulciano.

Acordamos no Agriturismo Cioccoleta, em Orvieto, por volta das 9, e após degustar uma saborosa “colazione”, era minha vez de brincar com o gato da família e dar uma relaxada curtindo toda a paz que os campos verdes da Úmbria proporcionam.

Bom, por falar em Úmbria, confesso que em Orvieto as paisagens já são bem parecidas com as da Toscana. Então, caso esteja visitando Roma e não tenha tempo para passar uns dias na Toscana, não deixe de dar um pulo em Orvieto, mas vá para dormir pelo menos um dia!

IMG_1285
Relaxando curtindo a paisagem e fazendo um cafuné no gatinho

Ficamos ali por umas 2 horas ainda, foi difícil ir embora, passar somente 1 dia, quero muito voltar com calma, porque o lugar é incrível, inclusive há pequenas trilhas para fazer que passam pelos campos.

IMG_1060
Nosso Renault Twingo “envenenado” e Orvieto ao fundo. Era hora de partir!

Mas tínhamos que pegar a estrada, e partimos para percorrer os 20 km entre Orvieto e a Civita de Bagnoregio, onde planejávamos passar algumas horas.

Saindo de Orvieto, o tempo estava perfeito, céu azul sem nuvens, e paramos em uns mirantes para fazer umas fotos lindas de ângulos diferente da cidade-colina.

P1090521
Toda a exuberância de Orvieto
P1090489
O verde dos campos contrastando com o os tons de bronze da pedra fazem um cenário impressionante

A Civita de Bagnoregio pertence a província de Viterbo e domina a paisagem de forma imponente, pois está a mais de 400 metros de altura de um vale. A Civita no passado  foi uma cidadela importante devido a sua localização entre rotas de comércio, mas a ação de terremotos e da erosão fizeram com que hoje ela tenha apenas aproximadamente 10 habitantes. A cidadela ganhou o título de “cidade que morre”, pois tem sucumbido alguns centímetros todos os anos, além de sofrer também o deslocamento de suas encostas.

Há vários estacionamentos próximos a Civita, mas as ruas são estreitas e, uma boa tática é deixar o carro no estacionamento central, assim que você chega na cidade de Bagnoregio, e tomar o ônibus que vai até a entrada da ponte, onde é cobrada a taxa de entrada de 1,5 euros. Deixamos o carro nesse estacionamento, e como o próximo ônibus ia demorar quase 1 hora, fomos caminhando (aproximadamente 20 minutos).

P1090551
A primeira vista da Civita é simplesmente impressionante

A primeira vista da Civita é impressionante e é impossível não se emocionar. O cenário da cidade perdida no meio do vale é único, e a caminhada pela ponte já é uma atração a parte.

P1090583
Só pedestres passam pela ponte

Énquanto caminhamos pela ponte, já é possível começar a sentir a magia daquele lugar. É um cenário de certa forma “perturbador”, que convida à reflexões espirituais. Para completar, a entrada da cidadela é por um portal que mais parece um daqueles de estórias de televisão.

karlla_civita
Dentro das muralhas, um cenário medieval bem preservado, com direito ao portal da Caverna do Dragão

P1090714

Internamente, a Civita tem ruelas medievais e vários pequenos restaurantes. Passamos por todas as ruas e becos, que são charmosas e coloridos, um passeio de menos de uma hora. Depois, fomos nos deliciar com a gastronomia italiana, e como ainda tínhamos que pegar a estrada fizemos apenas um lanche em um pequeno bistrô, mas que como tudo ali, carrega a aura e magia da Civita.

P1090783
L’arco del Gusto. Simples, mas pitoresco e aconchegante.

Fiquei um tanto chateado por não poder ficar para o pôr do sol, pois havia ainda 2 horas de estrada até Montepulciano. Você vão perceber futuramente que sou apaixonado por um pôr do sol! Na caminhada de volta, a mudança de luz do entardecer já dava novos tons e cores à Civita. Incrível.

P1090920
Crepúsculo na Civita de Bagnoregio

Pegamos a estrada até Montepulciano, onde nos hospedamos no La Pievina (falo sobre isso no próximo post). Só havia tempo para tomar banho e partir para a “night”.

Montepulciano fica na Toscana e é mais uma entre tantas adoráveis cidades colinas. Aqui a principal atração é percorrer a Via Gracciano nel Corso, uma ladeira que passa por dezenas de restaurantes e tavernas onde você pode degustar diversas variações de Nobile di Montepulciano, vinho especialidade da região.

P1090954
Pelas vielas e becos de Montepulciano
P1090933
Visitando uma das adegas da rua principal, que fica no subsolo

Algumas tavernas tem pequenas adegas que são abertas a visitação. Pura diversão e uma maneira perfeita de terminar um domingo mais que especial.

P1090957
Capresi do “Bistrot del Tribunale”

Despeço-me hoje com esse Capresi de Mussarela de Búfula, que foi devidamente saboreado acompanhado de um Nobile de Montepulciano. Até a próxima!

Acompanhe nossas aventuras em tempo real pelo instagram khalilstromboli. Dia 16 de junho estamos partindo para os Açores e para a Islândia.

3 comentários em “6 dias de Roma a Florença. Dia 2 – Civita de Bagnoregio e Montepulciano.

  1. Já tem continuação? rs Muito bom os posts, vou fazer uma viagem parecida no fim de setembro e gostei de ver o relato. Estou em dúvida entre alugar um carro em Roma e parar e Orvieto/Civita ou pegar um trem e ir direto pra Arezzo, passear por lá e pegar um carro lá para conhecer Cortona. O que vc acha? Achou locura dirigir em Roma? Onde pegou seu carro? Qual locadora? Obrigado, abraços

    Curtido por 1 pessoa

    1. Fala Paulo, eu praticamente não dirigi em Roma, pois peguei o carro no aeroporto, e já fui direto pela autoestrada pra Orvieto. Aluguei na Europcar, é um pouquinho mais caro que outras, mas eu confio, inclusive deu um problema com a bateria e eles mandaram prontamente um mecânico para arrumar em Orvieto. Roma o trânsito é um caos, mas compensa muito você alugar o carro quando estiver saindo de Roma, porque as paisagens do interior da Itália são fantásticas, é uma experiência bem superior a simplesmente se deslocar de trem. No blog já tem 4 posts sobre essa viagem, você acha em “Destinos – Itália” ou em “Categorias”.

      Curtir

      1. Já encontrei! rs estou adorando, inclusive deixei mais um comentário! Tenho que concordar com você que a experiência parece muito melhor mesmo. Bom saber que você teve uma boa experiência com a Europcar, pois lendo relatos na internet todas parecem péssimas (todo mundo já teve algum tipo de problema absurdo com alguma locadora…). Eu estava em dúvida entre Hertz ou Avis, mas vou considerar agora a Europcar também. Obrigado!

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s