Islândia Dia 5. Viajando de carro pela Ring Road, de Akureyri até o Aeroporto de Keflavik

Nosso último dia na Islândia começou literalmente a meia noite em Akureyri. Em uma experiência pra dizer no mínimo “diferente”, partimos do Apotek Guesthouse para caminhar os poucos metros que nos separavam até Akureykirkja, a bela catedral luterana da cidade.

Visitar catedrais sempre é um dos meus programas preferidos, e o especial desta vez foi que Akureykirkja nos brindou com o sinos da meia noite, sem que houvesse noite! Estava nublado, mas uma sensação difícil de explicar tomou conta da gente. O frio ajudou a potencializar aquele cenário impressionante.

 

Algumas horas depois, acordamos cedo para arrumar as coisas, fazer o checkout do hotel e pegar a estrada. 425 quilômetros pela Ring Road até o Aeroporto de Keflavik, de onde partiria nosso vôo. Akureyri é uma linda cidade, sem prédios altos, sem stress, a beira de um fiorde e encravada nas montanhas, que vai deixar muita saudade. Quem sabe um dia a gente retorna, dessa vez para caçar a aurora boreal? Afinal, Akureyri é um excelente ponto para avistar esse fenômeno!

IMG_3153
Karlla se despedindo dos Trolls.

O tempo estimado para a viagem era de 5 horas, mas acabamos fazendo no dobro do tempo, em 10 horas, de tantas paradas que fizemos pelo caminho. Porque a Islândia é assim, há belezas naturais como penhascos, correntezas, montanhas, fauna e flora exuberante por todos os lados, e tudo que temos que fazer é parar o carro e apreciar cada momento.

IMG_3160
Nossa primeira parada foi nessa correnteza. O caminho até a ponte é bem escorregadio.
IMG_3195
Cenário típico do interior da Islândia. Um micro povoado, no meio do nada.

Depois de algumas paradas aleatórias, chegamos a nossa primeira parada programada para o trajeto. A Cratera Grabrok, que fica na cidade de Bifrost, a apenas 100 quilômetros da capital Reykjavik, bem na margem da Ring Road. Devido a essa proximidade, durante o dia diversos ônibus trazem os turistas em passeios. O acesso ao topo da cratera é por uma escada bem estruturada, e a atração também conta com o apoio de um restaurante.

Geologicamente falando, essa cratera é mais um exemplo de como a paisagem da Islândia muda a cada dia. Ela foi formada por uma erupção fissural há cerca de 3 mil anos e atualmente não há atividade vulcânica. São apenas 170 metros de altura até o topo, onde podemos avistar a cratera irmã Grabrokarfell. Nessa visita, tivemos mais uma aula de Islândia. Fazia sol quando estacionamos o carro, mas no topo da cratera, uma ventania fortíssima, que quase levou minha câmera!

IMG_3218
Mais uma conquista desbloqueada: Grabrok Crater
IMG_3225
A Cratera Grabrokarfell, vista do topo de Grabrok.

 

Seguindo pela R1, um pequeno desvio de 18 quilômetros nos levou até Deildartunguhver, a mais poderosa fonte geotérmica de água da Europa. Os números aqui impressionam, a fonte é usada para produzir energia elétrica abastecendo um raio de 65 quilômetros! E conseguimos ver uma pequena amostra dessa força, uma pequena fonte de água pulsa da terra, assumindo diversas formas,  mais um incrível fenômeno da natureza desse país espetacular.

 

DCIM100GOPROG0400603.JPG
Deildartunguhver e a água fervente.

 

Continuando pela Ring Road, chegamos até Borgarnes, uma linda pequena cidade de menos de 2.000 habitantes, que fica a beira de um Fiorde. Aqui também não há nenhuma grande atração catalogada, mas, como nunca é demais enfatizar, a Islândia é um país incrível cheio de supresas para serem exploradas a cada instante.

Tudo que temos que fazer é parar o carro e relaxar. O resto é puro deleite.

IMG_3320
A linda bucólica Borgarnes

Infelizmente já estava chegando o fim da viagem, devolvemos o carro alugado e fomos pro Aeroporto. Despachamos a mala e já era quase meia-noite, quando percebi aquele solzão lá fora. E ainda deu tempo de se despedir dele, o sol da meia-noite, que estava reluzente para nos dizer “até logo”.

IMG_3337
Nosso despedida no aeroporto com direito ao Sol da Meia-Noite

Acompanhe nossas aventuras em tempo real pelo instagram khalilstromboli. Esse ano já passamos pela Tailândia, Islândia, Chile, Argentina, Portugal, Fernando de Noronha e África do Sul, e ainda vamos retornar à incrível Antigua Guatemala e seus vulcões. Em 2018 vai rolar Argentina, Chile, Equador, Marrocos, Itália e Estados Unidos. 

E que tal viajar com a gente? É só espiar o vlog no youtube , canal ViajeAki! Isso mesmo, como “K”. Karlla, Khalil, e o mundo. Forte abraço a todos!

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s